Como Desenvolver Estimular a Creatividade

Como Estimular e Desenvolver a Criatividade

A criatividade, a disciplina na implementação das estratégias e a análise dos resultados são os 3 pontos mais importantes na criação, lançamento e eficácia de uma campanha de publicidade online.

Uma empresa equipa que não se adapta ou não evolui a nível da criatividade torna-se vulnerável perante a sua concorrência concorrência.

A maior parte das pessoas pensa que os designers são criativos, mas na verdade o que são é criadores.

A criatividade eu processo para encontrar conceitos, ideias ou processos inovadores para a resolução de um determinado problema ou solução de uma necessidade.

A criatividade é um recurso como o tempo ou o dinheiro.

E dos três recursos é o mais eficaz e o que traz mais retorno.

Através da criatividade podemos encontrar soluções mais económicas, mais rápidas e mais eficazes.

A criatividade está dependente de dois estados de espírito aos estados mentais:

  • Estado aberto ocorre quando estamos descontraídos sem prazos definidos ou tarefas para concluir estava aberto podemos deixar a nossa mente fluir sem barreiras e aberta a todos os pensamentos que vão surgindo na nossa mente
  • Estado fechado ocorre quando estamos a trabalhar Concentrados ou supressão de uma determinada tarefa o prazo o estado fechado também vai permitir analisar o resultado do processo criativo e planear e implementar a ideia ou solução

Agora vou explicar alguns passos para potenciar a sua criatividade e desenvolver o processo criativo

Comece por Alcançar e Aceitar o Estado de Mente Aberta e Descontraída

Defina e agende um período para descontrair e libertar a sua mente para que as ideias comecem a fluir este espaço de tempo deverá de ter um mínimo de 90 minutos
Para ajudar a potenciar o processo criativo poderá utilizar algumas ferramentas como:

  • Tomar um banho de imersão com a água a temperatura não muito elevada
  • Fazer hidromassagens
  • Ande de bicicleta
  • Faça uma corrida
  • Vá nadar
  • Pratique um exercício físico que não seja exigente mentalmente como contar repetições
  • Receber uma massagem
  • Ouvir musica que pertence a criatividade como música clássica com violinos ou jazz ouvir música de dança electrónica mas sem vozes para não distrair
  • Olhar e deixar se perder paisagens amplas como bosques, florestas, o mar, um rio ou montanhas

Crie uma Parede Criativa com Elementos Visuais

A habilidade de fazer conexões e ver relacionamentos entre elementos aparentemente aleatórios é o segredo da criatividade. Combinando elementos/recordações/informações antigas para criar algo novo.

Para criar uma parede de criativa vai precisar de ferramentas simples e básicas como papel, canetas e marcadores coloridas, materiais visuais de todo o tipo, post-its, adesivos ou fita colas, pioneses e um espaço grande na parede, quadro branco ou de cortiça.

Organize o seu material de referência em temas ou grupos e fixe-o na parede ou quadro.

Desenvolva um sistema de código de cores para os diferentes grupos com a cor da caneta que tem e use as canetas coloridas e o marcador e marque e destaque páginas relevantes e secções de informações.

Agrupe temas relacionados e vai começar a ver padrões.

Se tem uma peça que não se encaixa num grupo, esta ‘anomalia’ pode, por si só, dar ideias.

Afaste-se da parede e procure potenciais relacionamentos ou conexões entre as informações. O uso de pioneses e fios coloridos fazem uma ligação visual entre os dois.

A chave aqui é a flexibilidade: mova pedaços de papel, crie novos links de cordas, crie novos grupos – reposicionando, reagrupando e religando e as ideias começarão a formar e gerar.

Em alternativa a uma parede, quadro branco ou de cortiça pode utilizar pode utilizar o Pinterest.
O Pinterest é uma das minhas ferramentas favoritas para coleccionar informações visuais.

Brainstorming

Gerar ideias para conteúdo, estratégias de marketing ou mesmo o uso criativo de dados pode ser mais produtivo se for abordado em grupo – a sinergia de mais de uma pessoa trará novas perspectivas, novas ideias e energia.

Mas, brainstorming é um termo tão comum e banal que a maioria das pessoas não sabe como realizar uma sessão de forma eficaz.

Um dos elementos mais importantes dentro da geração de ideias em equipa é a confiança e a harmonia.

O grupo deve ser capaz de trabalhar bem em conjunto respeitando as opiniões e habilidades de cada um.

Personalidades desagradáveis, indivíduos críticos ou grandes egos não são aconselhados para uma sessão de brainstorming criativo.

As seguintes regras devem ser estabelecidas para dissuadir qualquer medo ou negatividade que possa prejudicar a criatividade, para que você possa incentivar um espaço seguro para a normal fluidez de ideias:

  • Pessoas com competências e habilidades diferentes para trazer pontos de vista alternativas, assim como diferentes níveis de experiência, idade, sexo e personalidade.
  • Alocar tempo suficiente para aquecer e começar a focar. Entre 60 a 90 minutos é o ideal – depois disso o cérebro perde o foco e precisa de uma pausa.
  • A pessoa mais jovem ou com menos experiência da sala deve de começar para eliminar qualquer receio ou pressão.
    Mantenha a sessão dentro do tópico a discutir para não desperdiçar tempo e recursos
  • Deverá de nomear uma pessoa em que a única função será tomar notas num quadro branco ou folha de papel que esteja visível a todos.
  • O mais importante é não haver nenhum julgamento, crítica ou rejeição de qualquer ideia – qualquer coisa é válida e pode ser considerada.

Mude a sua Disposição Mental

Se sua disposição natural não for criativa, você pode tornar-se mais criativo através de acções repetidas, disciplina e aprendizagem de novas maneiras de pensar.

Repetição e disciplina

Quanto mais o cérebro processa uma rotina ou habilidade, como uma nova linguagem ou conduzir um automóvel, mais profundas as sinapses esculpem fisicamente um canal no cérebro.

O que explica até certo ponto porque é que quando aprendemos pela primeira vez uma habilidade temos de nos concentrar intensamente; ela consome uma grande quantidade de energia, mas através da disciplina aplicada eventualmente torna-se quase automática e nós não precisamos de pensar no que estamos a fazer, o subconsciente assume o controlo.

10 Listas de Ideias

Um dos meus exercícios favoritos para treinar o cérebro é desenvolver o “músculo das ideias” é gerar listas de ideias todos os dias.

Pense em dez novas ideias.

Estas podem ser para qualquer coisa como dez novas ideias de negócios, dez novas formas de aumentar a rentabilidade da sua empresa, dez formas de tornar a sua equipa de colaboradores mais produtiva.

Dez novas maneiras de obter links de qualidade para o seu site, dez novas maneiras de melhorar a conversão duma página ou dez novas maneiras de economizar energia, etc.

O objectivo não é criar ideias sobre as quais irá agir ou mesmo ideias sensatas, racionais ou razoáveis.

Isto é o treinamento de ginástica para a mente.

As primeiras listas de ideias podem parecer enganosamente fáceis, mas à medida que começa a ficar sem ideias óbvias, você tem de se esforçar para encontrar novas ideias.

Não cometa o erro de desvalorizar este exercício, tudo melhora e se torna mais fácil com a prática e a repetição.

Ler e Observar

O meu maior conselho é ler e observar o mais amplamente possível, pois acredito que isso alimenta uma mente criativa mais do que qualquer outra actividade.

Assim como os atletas só podem alcançar o seu melhor tempo/pontuação se comerem uma dieta altamente optimizada, os criativos precisam de alimentos de qualidade para o cérebro e estimulação mental numa base regular para operar no seu melhor estado criativo.